• SUA MARCA
  • Abemgre 2013
  • Escritório Jurídico

VOCÊ SABIA TAMBÉM QUE...

Introdução

Seu antigo estádio é o Olímpico Monumental, inaugurado em 1954. A nova Arena do Grêmio é o estádio atual, tendo tido como jogo de estreia um amistoso entre Grêmio e Hamburgo da Alemanha, que ocorreu no dia 8 de dezembro de 2012, às 22h30min UTC−2.

O jogo terminou 2 a 1 para Grêmio, repetindo o resultado da final de 1983, onde o clube gaúcho conquistou o título da Copa Intercontinental. O jogo teve gols de André Lima e Marcelo Moreno para o Grêmio e Heiko Westermann para o Hamburgo.5 6

Já foi campeão da Copa Libertadores da América em duas ocasiões e vice em duas outras oportunidades, campeão da Copa Intercontinental uma vez se tornando o primeiro clube gaúcho a vencer um torneio intercontinental, sendo vice contra o Ajax da Holandaem outra ocasião, além de campeão da Recopa Sul-Americana.

Conquistou dois Campeonatos Brasileiros da Série A, um Campeonato Brasileiro da Série B, quatro Copas do Brasil e uma Supercopa do Brasil, além de uma Copa Sul e um Campeonato Sul-Brasileiro.

Também já venceu trinta e seis vezes o Campeonato Gaúcho e uma vez a Copa FGF.7

Atualmente ocupa o quarto lugar no Ranking da CBFpublicado em 08 de dezembro de 2014, com 13.992 pontos8 , é o sexto melhor clube brasileiro no Ranking da CONMEBOL, publicado em 18 de fevereiro de 2013, ocupando o décimo sétimo lugar na tabela geral com 156,7 pontos,9 e é o quarto melhor clube brasileiro no Ranking Mundial de Clubes da IFFHS, publicado em 4 de março de 2013, ocupando o vigésimo terceiro lugar na tabela geral com 202 pontos.10

O clube já revelou vários futebolistas de renome internacional ao longo de sua história, como Lucas LeivaAndersonEmersonRenato PortaluppiÂnderson Polga e Ronaldinho Gaúcho.11 12

O Grêmio é o clube de futebol com o segundo maior número de associados no Brasil. O Tricolor possui pouco mais de 80 mil associados em dia, conforme dados de dezembro de 2014.13 A renda que os sócios geram ao clube chegava a quatro milhões de reaismensais na média de 2014 de acordo com o balancete oficial de setembro.14

Além disso, conforme pesquisa do IBOPE realizada em junho de 2014, o Grêmio tem a oitava maior torcida do Brasil, com 3% (com margem de erro de 1 ponto percentual) da preferência nacional, o que equivale a 6 milhões de pessoas.

À sua frente, há apenas clubes do Rio de Janeiro , de São Paulo E de Minas Gerais.15 O instituto Datafolha registra que o Imortal Tricolor também tem a sexta maior torcida do país, com 4% da população nacional de seguidores, segundo dados de junho de 2014.16

Segundo o mesmo centro de pesquisas, em pesquisa realizada no início do ano, o clube tem 44% da preferência dos gaúchos e de 47% dos porto-alegrenses.17

No estado, conforme o Top of Mind da revista Amanhã, mais de 50% dos gaúchos citaram o Grêmio como o time de futebol mais lembrado em 2012; há dezessete anos o clube é o mais lembrado.18

A Pluri divulgou seu levantamento de final de temporada com os 25 times mais valiosos do Brasil, e de acordo com seus critérios para estimar o valor de mercado de cada jogador, o Grêmio é o 9º clube de futebol mais valioso do Brasil, com valor estimado em144,7 milhões de reais, segundo o ranking publicado em 18 de dezembro de 2014.19

História

1903-1936 – O início e o amadorismo

 
Foto do primeiro time gremista, em dezembro de 1903

A história do Grêmio data de antes de sua fundação. Porto Alegre, em 1903, tinha 120 mil habitantes.20 Um fato importante para a criação do clube foi a disputa de um jogo de futebol entre o primeiro e o segundo Rio Grande, uma exibição preparada em 7 de setembro de 1903 e realizada no campo da Várzea (atual Parque Farroupilha).21

Após o esvaziamento da bola da partida, o paulista Cândido Dias da Silva, um comerciante sorocabano, emprestou a pelota que trazia. Em troca do favor, ele recebeu lições de como se fundar um clube de futebol;21 oito dias depois, trinta e dois homens se reuniram no Salão Grau, restaurante de um hotel da rua 15 de Novembro (atual rua José Montauri), no Centro de Porto Alegre e fundaram o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.22

A primeira sede oficial do clube foi declarada como sendo na rua Santa Catarina, número 47 (atual rua Dr. Flores, no centro de Porto Alegre). Carlos Luiz Bohrer foi nomeado presidente. No dia 30 de setembro, as cores do clube foram decididas: as camisetas seriam havana e azul listradas horizontalmente com uma faixa branca na cintura, calções e meias pretas. À época, também definiram-se outros acessórios já obsoletos, como gravatas (na cor branca) e boné.23

 
Foto dos jogadores do Grêmio em 1904, ainda com uniformes nas cores havana e azul

O primeiro jogo do recém fundado clube ocorreu em 6 de março de 1904, contra o FussBall Club Porto Alegre, fundado no mesmo dia que o Grêmio. Em uma jornada dupla (dois jogos na mesma tarde), o Grêmio garantiu as suas duas primeiras vitórias, vencendo ambas por 1 a 0.23 Em 20 de julho de 1904, o uniforme foi mudado para um modelo metade azul metade preto.23

Sem estádio, os treinos nos anos inicias eram realizados na várzea do Gravataí (local do atual Aeroporto Salgado Filho), na várzea da Redenção, perto da Gruta da Glória, no Morro da Polícia e no bairro Floresta.

Em 1904, a direção resolveu construir um estádio próprio. O local escolhido ficava no bairro Moinhos de Vento, próximo do Prado da Independência e do clube Tiro Alemão (onde atualmente localiza-se o clube Caixeiros Viajantes). A área pertencia a Hemetério Mostardeiro (família que possuía a maior parte das terras da região e dava nome informal ao local: Mato Mostardeiro), herdada de seu pai, Antônio José Gonçalves Mostardeiro.

Tradicionalmente, era um local frequentado por famílias ricas da Capital. Com um empréstimo junto ao Brasilianische Bank Für Deutschland, o clube comprou a propriedade dos Mostardeiro por dez contos de réis. O jogo de inauguração ocorreu em agosto de 1904 entre duas formações do próprio clube. Em abril de 1911, após vender títulos a sócios por cinquenta mil-réis, o Grêmio comprou mais uma quadra dos Mostardeiro e expandiu o "Fortim da Baixada"; o novo pavilhão, apelidado de Pombal, ficou pronto em outubro de 1912. Em 1918, este pavilhão foi reformado e tornou-se a primeira sede própria do clube.24

A primeira competição disputada foi a Taça Wanderpreiss, com a primeira edição em 6 de março de 1904, vencido pelo Grêmio contra o Fussball Club Porto Alegre.22 25

A tradição, portanto, começou a se criar. Alguns anos depois, em 18 de julho de 1909, o primeiro jogo contra o Sport Club Internacional, que mais tarde se tornaria o seu arquirrival, foi disputado, com vitória de 10 a 0 para os tricolores. No ano seguinte, foi criada a 1ª Liga de Clubes de Porto Alegre, por ideia vinda do Grêmio. Posteriormente, foi realizado o Campeonato Citadino de Porto Alegre, o qual o Tricolor venceu ininterruptamente de 1911 a 1915. Mesmo amador, o clube já jogava contra equipes de outros estados, ou até mesmo países.22 De acordo com os registros do Memorial Hermínio Bittencourt, em 1913 o primeiro negro, Antunes, atuou pela equipe.

 
O Grêmio Campeão Gaúcho de 1931

Na década seguinte, a hegemonia do clube continuou. O pentacampeonato metropolitano (1919-1923) e o título de três Campeonatos Gaúchos (1921/22 e 1926), competição esta criada em 1920.Os anos 1930continuaram dando ânimo ao desenvolvimento do Grêmio. Conquistas como o tetracampeonato de Porto Alegre (1930-1933) e o bicampeonato gaúcho (1931/32).

O auge de tal era foi 1935, com o famoso Grenal Farroupilha, nome dado, na verdade, ao campeonato citadino inteiro, por ocasião do centenário da Revolução Farroupilha. Ao ganhar do tradicional rival, o Tricolorsagrou-se campeão. Esta foi a última partida de Eurico Lara, que havia começado a jogar pelo clube em 1920, transformando-se em uma lenda do clube. Portanto, tal época proveu ao clube tanto títulos quanto o início da sua tradição e respeito.22 26

1937-1953 – O profissionalismo no clube

Após uma onda de profissionalizações do futebol na América do Sul, no início da década de 1930, o Rio Grande do Sul resolveu também migrar para esse novo modo de gerenciar o futebol. No ano de 1937, foi criada no estado a Especializada, departamento profissional filiado à Federação Brasileira de Futebol. Esta fez um campeonato metropolitano não relacionado com o antigo citadino, realizado pelo Federação Rio-Grandense de Desportos (atual Federação Gaúcha de Futebol), que era filiada à Confederação Brasileira de Desportos. Até 1939, mesmo ganhando os três metropolitanos, o Grêmio não se classificou para o Campeonato Gaúcho, por causa de tal divergência, é dirimida nos anos 1940. Com a criação do Conselho Nacional de Desportos, o profissionalismo foi oficialmente adotado pelo Tricolor.22

No final de 1949, o Grêmio realizou a primeira temporada no exterior de um time gaúcho ao ir para a América Central.27 No ano seguinte, já pensando em construir um novo estádio, visto que a Baixada estava se tornando insuficiente para o clube, foi realizado um concurso para escolher uma proposta de estádio. No dia 8 de janeiro de 1951, foi escolhida a proposição de Plínio Oliveira Almeida, Naum Turquenitch e Edison Ribeiro.28

Em 1952, o Grêmio contratou pela primeira vez em sua história um atleta negro, Tesourinha. O jogador veio do Vasco.29 Contudo, na década de 1910, já havia jogadores afro-descendentes no clube, porém, não de forma oficial: Antunes (1912)30 , Adão Lima (de1925 a 1935), Hélio e Mário Carioca (ambos na década de 1940) e Hermes da Conceição (1947 a 1950), já haviam jogado no Tricolor, anteriormente.27

Em 1953 e 1954, o Grêmio fez a sua segunda excursão internacional, desta vez pelo México), Equador e Colômbia.22 Em abril de 1953, foi iniciada, finalizada apenas em 1954.27 28 Telêmaco Frazão de Lima era o treinador.27

1954-1980 – O estádio e o hepta gaúcho

Em 19 de setembro de 1954, o Grêmio inaugurou o seu maior projeto desde a sua fundação: o Estádio Olímpico. Com capacidade para 38 mil pessoas, ele tinha um só anel. No jogo de inauguração, o Grêmio venceu o Nacional, de Montevidéu por 2 a 0. O presidente, na época era Saturnino Vanzelotti.28

Foto panorâmica do estádio Olímpico Monumental.

Nos anos seguintes, o Grêmio disputou treze campeonatos e venceu doze. Conquistou o pentacampeonato Gaúcho e Metropolitano (1956-1960) e o heptacampeonato Gaúcho (1962-1968), sendo esta a maior sequência de títulos do Gauchão do clube.22 No Gauchão de 1956, bateu o Pelotas; nos anos seguintes, venceu na final o Bagé, o Guarany de Bagé e o Clube Esportivo Aimoré, respectivamente.27 O Campeonato de 1960 foi decidido em jogos entre quatro equipes (Grêmio, Pelotas, 14 de Julho e Nacional).

Tricolor também participou da Taça Brasil, que reunia os campeões estaduais, em quase todos estes anos, tendo sido três vezes semifinalista (19591963 e 1967). Também jogou o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, e atingiu seu ponto máximo em 1967, quando chegou ao quadrangular final, mas acabou ficando em quatro lugar. Esta época também deu ao clube o título do Campeonato Sul-Brasileiro de 1962, de forma invicta Seguindo a onda iniciada no estado pelo Cruzeiro, de Porto Alegre, que havia excursionado à Europa em 1953, o Tricolor também foi ao Velho Continente, em 1961 e 1962.22 31

Em 1970, o Grêmio teve a primeira convocação de um jogador para a Seleção Brasileira em ano de título mundial. Everaldo foi convocado para o escrete e ganhou uma estrela na bandeira do tricolor.1 22 Após o início da década de 1970 contar com domínio do adversário em relação aos Campeonatos Gaúchos, o Grêmio conseguiu, em 1977, reverter a situação e voltar a ser campeão do estado, onze anos após seu último título desse tipo. O Tricolor venceu o Internacional na final por 1 a 0, com gol de André Catimba e ficou com a taça. Este fato é tido como uma retomada do Grêmio, que culminou em grandes conquistas na década de 1980.32

1981-1982 – Prenúncio de conquistas

Os anos 1980 começaram bem para o Grêmio. Já em 1980, o time foi campeão do Gauchão. No Campeonato Brasileiro, uma sexta colocação foi conseguida, aquém, porém, dos melhores desempenhos na década passada (quinta em 1973 e 1974). No âmbito de patrimônio, o Estádio Olímpico foi ampliado e se tornou o "Olímpico Monumental", vista a grandeza da construção. O presidente na época era Hélio Dourado.33

Em 1981, apesar de não ganhar o torneio estadual, o Grêmio teve o seu melhor ano desde a sua fundação: conquistou o Brasileirão, que contava, então, com quarenta e quatro times. A final foi em um jogo emblemático contra o São Paulo, no Estádio do Morumbi, em que o Grêmio fez 1 a 0, com um gol de Baltazar. A partir daí, o Grêmio iniciou uma época de ascensão.22

1983 – O melhor ano da história

No ano de 1982, foi vice-campeão brasileiro, perdendo para o Flamengo na final, que só foi decidida em um jogo-desempate. Na sua primeira participação na Copa Libertadores da América, o time acabou sendo eliminado na primeira fase, mas ganhou experiência para a próxima Libertadores, a ser disputada no ano seguinte.34

Pode-se afirmar que, em termos de títulos, 1983 foi o melhor ano do clube em cento e nove anos de história. Neste espaço de tempo, uma Taça Libertadores e uma Copa Intercontinental, títulos inéditos para o Rio Grande do Sul. A primeira conquista foi feita em etapas: na primeira fase, o Tricolor foi campeão de seu grupo e "se vingou" (por causa do Brasileirão do ano anterior) do Flamengo, que não se classificou; na segunda fase, o time disputou um triangular com o Estudiantes de La Plata (com quem jogou a Batalha de La Plata, em que o time se viu obrigado a ceder o empate ao adversário depois de estar vencendo por 3 a 1, pela falta de condições de segurança) e com o América de Cáli; vencido o grupo anterior, a final estava desenhada contra o Peñarol, que foi batido por 3 a 2 no placar agregado (1 a 1 e 2 a 1), com destaque para as atuações de Tita (que marcou o gol em Montevidéu), César (que fez o gol decisivo em Porto Alegre) e Renato Portaluppi (que cruzou para o gol de César).22

Com a vitória na Libertadores, o Grêmio se classificou para disputar a Copa Intercontinental em Tóquio, contra o Hamburgo, que havia ganhado a Copa Europeia (antecessora da Liga dos Campeões da UEFA), vencendo a Juventus na final. Priorizando, obviamente, a Copa Intercontinental, equipe acabou ficando na terceira colocação do Gauchão daquele ano. O dia da grande partida da história do clube foi 11 de dezembro de 1983, e o local era o Estádio Olímpico de Tóquio. Após sair vencendo com um gol deRenato Portaluppi, o Tricolor cedeu o empate aos alemães nos minutos finais. O jogo, então, foi para a prorrogação. No tempo extra brilhou a estrela de Portaluppi, que, aos três minutos marcou o gol. Como não era morte súbita, o time ainda sustentou o resultado até o final do jogo e comemorou o título, o maior do clube.22 Renato, o herói do jogo, foi eleito o melhor em campo.

Em Porto Alegre, a torcida comemorou em êxtase. Na volta para casa, o Grêmio ainda venceu a Los Angeles Cup, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, ao ganhar do América do México nos pênaltis (4 a 3) após empate de 2 a 2. Ao chegar em Porto Alegre, a delegação dos campeões desfilou pelas ruas em um carro de bombeiros.35

1984-1990 – Mais títulos

Em 1984, o Grêmio não repetiu o ano anterior por detalhe. Após chegar novamente à final da Libertadores, foi derrotado pelo Independiente, pelo placar agregado de 1 a 0 (0 a 1 em casa e 0 a 0 fora). Contudo, o clube foi hexacampeão gaúcho (1985-1990).22

O título deu uma visibilidade enorme para o clube, que foi convidado para participar de vários torneios no exterior. Alguns dos mais importantes vencidos pelo time foram: o Troféu Palma de Mallorca (Espanha) e a Copa Rotterdan (Países Baixos), em 1985; e o bicampeonato da Copa Phillips (Países Baixos e Suíça) em 1986 e 1987. O clube já participava de torneios no estrangeiro, visto que ganhou a Copa El Salvador del Mundo (El Salvador) e o Troféu Ciudad de Valladolid (Valladolid), ambos em 1981.22

O Grêmio venceu ainda a Copa do Brasil, em 1989 (vencendo o Sport na final), na primeira edição da competição. No ano seguinte, venceu a Supercopa do Brasil, superando o Vasco da Gama na final.22

1991-2002 – A retomada das grandes glória

 
Felipão, que é gremista, conquistou a Libertadores de 1995e foi vice-campeão intercontinental em 1995

Em 1991, o Grêmio chegou pela segunda vez à final da Copa do Brasil, tendo sido derrotado pelo Criciúma, equipe treinada por Luiz Felipe Scolari, que ainda nesta década se consagraria como um dos maiores técnicos da história do Tricolor Gaúcho. Porém, neste mesmo ano, o Tricolor foi rebaixado pela 1ª vez à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Em 1993, o Tricolor voltou a vencer o Campeonato Gaúcho, que não conquistava desde 1990. Nesse mesmo ano, Luiz Felipe Scolari, que já tivera uma passagem pelo clube, em 1987, foi contratado como treinador. Também em 1993, o time voltou à final de um campeonato nacional e foi vice-campeão da Copa do Brasil. No ano seguinte, o time de Felipão não deixou o título escapar, ao vencer o Ceará na final. O título deu direito ao clube de disputar a Copa Libertadores de 1995.22 O time não disputava tal competição desde 1990, mas, mesmo algum tempo depois de disputá-la pela última vez, foi muito bem.22

O time de Felipão contava com o ataque de Paulo Nunes e Jardel e Danrlei no gol, três dos principais jogadores do clube. Mesmo assim, não tinha um grande plantel, mas foi avançando na competição. O ponto alto, antes da final, foram os jogos contra o Palmeiras, pelas quartas de final: em Porto Alegre, 5 a 0 para os gaúchos e em São Paulo, 5 a 1 para os paulistas. Na final, o adversário foi o Atlético Nacional, da Colômbia. Com uma vitória de 3 a 1 em casa e empate de 1 a 1 fora, o título ficou com os brasileiros.